quinta-feira, 21 de outubro de 2010

As Crônicas Vampirescas - Parte 3


       Estou enferrujada, o Inexplicável anda cheio de teias de aranha, mas, ok, eu li mais duas crônicas vampirescas de Anne Rice e vou falar um pouco sobre eles, bom na verdade, vou copiar as resenhas que eu fiz pro skoob e me perdoem elas não terem ficado muito boas, mas faz tempo que eu não escrevo nada.

Memnoch
        Memnoch é o quinto livro das Crônicas Vampirescas de Anne Rice. Nele o protagonista Lestat conhece Memnoch, que se diz o próprio diabo que vem lhe fazer a proposta de torna-lo seu príncipe.
        É a mais polêmica das Crônicas por conter forte teor religioso, Lestat vai ao céu e ao inferno e conhece além do suposto diabo (Memnoch), o Deus encarnado. Tem a chance de beber o sangue de Cristo à caminho da crucificação e leva para si o sudário de Verônica que é a prova da "verdade" de sua aventura.
        Lestat tem dessa vez uma decisão séria a fazer e pela primeira vez se sente realmente amedrontado e ao mesmo tempo espantado e até maravilhado com tudo que Memnoch lhe mostra.


O Vampiro Armand ("Não por mãos humanas")
        O Vampiro Armand é o sexto livro das Crônicas Vampiresca de Anne Rice e traz de volta o vampiresco à trama. Não tem como não se apaixonar pelo poderoso vampiro com eterno rosto de criança.
        Andrei, Amadeo, Armand... Nosso personagem conta sua história ao jovem vampiro David, sua história cheia de aventuras, cheia de erotismo e cheia de fases. Conta seus anos com seu criador Marius de Romanus, seus anos como líder da congregação dos Filhos das Trevas de Paris, e depois como líder do Teatro dos Vampiros e posteriormente dono da Ilha da Noite.
       Este livro completa ainda a história de Memnoch, mostrando os resultados da aventura polemica e de teor religioso vivida por Lestat no quinto livro da série.





Leia mais sobre as Crônicas vampirescas: Parte 1, Parte 2

Um comentário:

maiscores disse...

sou apaixonada por crônicas, até arrisco escrever algumas hsahiushaiu
gostei do blog. :*