domingo, 9 de junho de 2013

Vai de 80's - Cinema!

A década de 80 é famosa, todos, mesmo os que nunca viveram nela, tem algum saudosismo. Não digo que todos gostariam de viver nos anos 80, mas sempre tem aspectos daquela década que muitos gostariam de viver ou reviver. Certamente não foram tempos fáceis ou calmos, foram tempos de episódios marcantes na história como a queda do muro de Berlin, as 'Diretas já' e o fim da Ditadura Militar no Brasil, dentre vários outros acontecimentos. Enquanto tudo isso acontecia, se produziam dezenas de referências culturais que são fortes até hoje, e que produzem hoje em dia este sentimento nostálgico com relação à década de 80, repito, até mesmo para os que (como eu) nunca viveram nela.
Pensando em tudo isso, resolvi fazer uma 'lista de listas' de coisas dos anos 80 que eu particularmente curto em três categorias: Cinema, TV e, claro, Música. Será uma série de postagens que começa hoje falando de alguns dos meus filmes favoritos dos anos 80.


Cinema 80: Só pra começo de conversa, tenho que dizer que metade dos filmes que eu assistia quando criança tinham sido produzidos nos anos 80, então tenho bons motivos pra gostar de filmes dessa década, mais até do que eu gosto dos filmes de hoje em dia. São tantos filmes tão bons que não sei nem por onde começar, mas já que tenho de começar, porque não falar de clássicos da Sessão da Tarde como Karatê Kid, De Volta para o Futuro, Quero ser Grande e Curtindo a Vida Adoidado? Vamos combinar que os filmes teens dos anos 80 eram muito mais divertidos do que os dos anos 90 pra cá. Outros também merecem destaque como Os Caça-Fantasmas, Dirty Dancing, aventuras como Tudo por uma Esmeralda, Crododilo Dundee e Indiana Jones
São realmente tantos, de tantos gêneros que fica difícil falar ser criar um texto enorme, então, só pra fechar a categoria Cinema tenho que falar de dois filmes de um diretor que eu amo: Tim Burton. Primeiramente, claro Os Fantasmas se Divertem (Beetlejuice), porque eu não perdia uma só vez que o filme passava, e amava o desenho. Nesse filme, aparecem todos os elementos que fazem você olhar pra tela e pensar: 'Tim Burton', a estética, os efeitos, as características gerais dos personagens, e um personagem central extremamente excêntrico, não tem como não amar.
E por fim, o primeiro dos três Batman's dirigidos por Burton. Depois de mais de 20 anos longe das telas, o personagem da DC Comics voltou com tudo nas mãos de Tim Burton, que não abriu mão daqueles seus elementos comuns, e investiu na excentricidade de cada vilão, que neste primeiro filme foi um dos meus malvados favoritos de todos, o Coringa muito bem vivido por Jack Nicholson, do qual eu tinha muito medo quando era criança e depois aprendi a amar. Vale lembrar que o ator que fazia o Batman era Michael Keaton, o mesmo Beetlejuice, a velha tendência de Tim Burton de apostar em um mesmo ator por vezes seguidas... e acertar.
Bom, a postagem de hoje já ficou um pouco grande mesmo que eu não tenha me aprofundado em nada e mesmo assim, muitos filmes ficaram de fora, porque eu poderia sim, citar uma centena deles, mas estes são só alguns dos que eu mais gosto. Na próxima postagem vou lembrar um pouco de algumas séries e programas de TV dos anos 80, mas por enquanto vou deixar vocês com o trailer de Beetlejuice:

3 comentários:

Alice Aguiar disse...

cara sou mega fã dos fantamas se divertem.

Rodrigo Ferreira disse...

Adoro os anos 80 podia voltar rs.
Ah! sempre gostei do Karatê Kid.

Claudio Chamun disse...

Eu sou dos anos 80. Quer dizer um pouco antes... ah não importa né? O importante é que eu sei do que a Raquel está dizendo.

Eu vi todos estes filmes e realmente são muito bons. A maioria deles passa nos canais de tele cine ou outros de TV paga.

Os meus preferidos são os 3 primeiros do Indiana Jones. O quarto que já é de 2008 e eu não gostei muito.

Quero ser grande é tão legal que fizeram uma versão feminina "De repente 30" em 2004.

Com tanto remake de filmes por ai, acho que a trilogia "De volta para o futuro" merecia um. Se com os recursos da época foi um filme cheio de efeitos imagina agora.