quinta-feira, 2 de maio de 2013

Desafio BEDM: 2 de Maio - Ser Tia

O desafio pra hoje era ensinar algo que eu sei bem, ou algo em que eu sou boa. Fiquei horas pensando sobre o quê falar e não cheguei a nenhuma conclusão até que um imprevisto me fez perder meu expediente de trabalho pra tomar conta do meu sobrinho de 1 ano, Antônio. Dai eu pensei: "Tai uma coisa que eu sei bastante: ser tia.", tenho cinco sobrinhos e um sexto à caminho e por várias vezes tive que tomar conta deles, o que envolve, alimentar, dar banho, por pra dormir, brincar, assistir desenhos, conversar... Sei que ser tia não é algo tão grande como ser mãe, mas as vezes é bem complicado e como fui tia super cedo eu precisei amadurecer bastante pra entender que é algo mais especial do que se imagina. Mas enfim, nesta postagem eu preciso ensinar alguma coisa, sei que ter um sobrinho ou sobrinha não é a mesma experiência pra todos, mas se existisse mesmo uma forma padrão de ser tia/tio, a receita seria:
Antônio, inspiração do meu dia
- Muita responsabilidade
- Uma porção generosa de paciência
- Algum senso de humor equilibrado com uma pitada de firmeza no falar
- Algumas boas doses de caras e vozes engraçadas
- Um repertório de músicas divertidas pra cantar
- Muita disposição (o que é bem difícil pra mim)
- Sorrir máximo que der, ser séria (o) quando necessário
- Muitos abraços, beijos e carinhos
- E muito cuidado (crianças se machucam, crianças se magoam)

- Agora é só misturar tudo fazendo muita bagunça.

E esse foi meu recado de hoje, pra acompanhar cada postagem do desafio curtam a página do blog e adicionem à suas listas de interesse, amanhã eu volto com mais, bjs.

5 comentários:

santofigueiredo disse...

Eu tenho um sobrinho, o Artur!
Amo quando ele esta comigo e tento ensinar várias coisas a ele.
É muito legal mesmo eles. Uma amor.

Layla Silva disse...

Eu tenho dois sobrinhos, um garotinho de cinco anos e uma menininha de quatro. Pareço criança quando estou perto deles.
Dá trabalho, mas é bom demais ser tia! E é muito bom saber que posso contribuir de alguma forma para aumentar o conhecimento deles '-'

Jurema Roso disse...

Rsrsrsrsrs, eu não tenho sobrinho nenhum, porque eu sou filha única. Na verdade, o mais próximo que eu tenho nesses termos são mesu dois afilhados, autistas. São uns amores - exceto quando entram em crise de raiva e querem arrancar qualquer coisa que estejam próximo a eles, incluindo roupas, óculos e cabelos alheios. rsrsrsrs

Claudio Chamun disse...

Há quem diga que ser tia é melhor que mãe.
Não sente as dores do parto, ama como se fosse mãe, faz a bagunça com o sobrinho e na hora de ele ir embora ele vai com a mãe para a própria casa.
Risos...
To brincando, mas falando a verdade.

Unknown disse...

Muito bem maninha é assim que se faz, pena que sou tio de apenas dois dos seus sobrinhos, em compensação sou o Pai dos outros!!!